André Griffo

Biografia

1979 . Barra Mansa, Brasil.
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, Brasil.

Ao explorar em sua prática artística os conhecimentos adquiridos sobre Arquitetura e Urbanismo, André Griffo demarca seus trabalhos a partir das seguintes estratégias: a de relacionar os espaços por ele apropriados com referências históricas e contemporâneas. O seu processo de trabalho passa por reconhecer espaços vazios, identificar os rastros deixados, e adicionar a eles símbolos e signos que destacam as problemáticas cotidianas.

 

Abordar tais cenários é essencial para trazer referências históricas ao nosso tempo e assim criar novas narrativas. Isso possibilita que a produção pictórica de Griffo perpasse o documental e o ficcional, explorando conexão entre entre as disciplinas de História da Arte e Arquitetura às questões sociais, brasileiras e/ou mundiais. Com a sobreposição de tempos e realidades, os trabalhos de Griffo permitem expor os pensamentos dos indivíduos de uma determinada sociedade, seus valores e mudanças, e, em certas ocasiões, testemunhar a imutabilidade das coisas.

 

Entre suas principais exposições individuais estão: 2019 - A quem devo pagar minha indulgência? (Galeria Athena - Rio de Janeiro) 2017 - Objeto sobre Arquitetura Usada (Centro Cultural de São Paulo - São Paulo, Brasil); 2015 - Intervenções Pendentes em Estruturas Mistas (Palácio das Artes - Belo Horizonte, Brasil); Predileção por Alegoria (Galeria Athena - Rio de Janeiro, Brasil), entre outras.

Entre suas principais exposições individuais estão: 2021 - Sobre ombros de gigantes (Galeria Nara Roesler - São Paulo, Brasil); 2020 - Casa Carioca (Museu de Arte do Rio - Rio de Janeiro, Brasil); 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil | Comunidades imaginadas - (SESC 24 de Maio - São Paulo, Brasil); 2018 - Com o ar pesado demais para respirar (Galeria Athena - Rio de Janeiro, Brasil); 2016 - Intervenções (Museu da República - Rio de Janeiro, Brasil); 2015 - Ao Amor do Público I (Museu de Arte do Rio - Rio de Janeiro, Brasil); Aparições (Caixa Cultural - Rio de Janeiro, Brasil), entre outras.

 

Foi contemplado com uma bolsa para realizar a residência artística do Vermont Studio Center (2019 - Johnson, E.U.A.). Está nas coleções do Itaú Cultural (São Paulo, Brasil), do Instituto PIPA (Rio de Janeiro, Brasil) e do Museu de Arte do Rio (Rio de Janeiro, Brasil).

Obras
Exposições
CV

Educação
2004

Bacharel em Arquitetura e Urbanismo – Universidade Santa Úrsula – Rio de Janeiro, Brasil

 

Exposições Individuais

2019

A quem devo pagar minha indulgência? – Galeria Athena – Rio de Janeiro, Brasil

2017

Objetos Sobre Arquitetura Gasta – Centro Cultural São Paulo – São Paulo, Brasil

2015

Engenho Maratona – Galeria de Arte Clécio Penedo – Barra Mansa, Brasil
Predileção Pela Alegoria – Galeria Athena Contemporânea – Rio de Janeiro, Brasil
Intervenções Pendentes em Estruturas Mistas – Fundação Clóvis Salgado – Belo Horizonte, Brasil

2013

Commando – Galeria de Arte Fernanda Perracini Milani – Jundiaí, Brasil

Reuso e Retardo – Galeria Athena Contemporânea – Rio de Janeiro, Brasil

 

Exposições Coletivas

2021

Sobre ombros de gigantes - Galeria Nara Roesler - São Paulo, Brasil

2020

Casa Carioca – Museu de Arte do Rio – Rio de Janeiro, Brasil

2019

21º Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil | Comunidades imaginadas – São Paulo, Brasil

2018

Com o ar pesado demais pra respirar – Galeria Athena – Rio de Janeiro, Brasil

2016

Intervenções – Museu da República – Rio de Janeiro, Brasil
Ao Amor do Público I – Museu de Arte do Rio – Rio de Janeiro, Brasil

2015

Aparição – Caixa Cultural – Rio de Janeiro, Brasil
47º Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba – Pinacoteca Municipal Miguel Dutra – Piracicaba, Brasil

2014

Diálogos – Galeria Athena Contemporânea – Rio de Janeiro, Brasil
42º Salão de Arte Luiz Sacilotto – Salão de Exposições do Teatro Municipal de Santo André – Santo André, Brasil
Aparição – Galeria Athena Contemporânea – Rio de Janeiro, Brasil
Instabilidade Estável – Paço das Artes – São Paulo, Brasil 
4º Mostra | Programa Aprofundamento – EAV/Parque Lage – Rio de Janeiro, Brasil

2013

À Deriva da Palavra e do Silêncio: O Lugar do Pintor – Espaço Cultural Contemporâneo – Brasília, Brasil

41º Salão de Arte Luiz Sacilotto – Salão de Exposições do Teatro Municipal de Santo André – Santo André, Brasil

2012

Arte Londrina – Universidade Estadual de Londrina – Londrina, Brasil
44º Salao de Arte Contemporânea de Piracicaba – Pinacoteca Miguel Dutra – Piracicaba, Brasil

 

Prêmios e Residências

2019

Residência Vermont Studio Center – Johnson, E.U.A.

2015

Menção Especial do Júri – 47º Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba – Piracicaba, Brasil

2012

Prêmio Leitura Pública e Análise de Portfólio – 44º Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba – Piracicaba, Brasil

 

Coleções Públicas

Museu de Arte do Rio – Rio de Janeiro, Brasil


Coleções Privadas Abertas ao Público
 

Instituto PIPA – Rio de Janeiro, Brasil
Itaú Cultural – São Paulo, Brasil

 

Bibliografia

2019

“ 21ª Bienal de Arte Contemporânea SESC Video Brasil”. São Paulo. 2019. Catálogo

2018

“Prêmio IP Capital Partners de Arte 2018”. Rio de Janeiro. 2018. p.92-93. Catálogo

2015

LOPES, Fernanda. “Aparição” em Caixa Cultural – Rio de Janeiro, 2015, p.18. Catálogo da exposição
Edital de Ocupação 2015 – Fundação Clóvis Salgado, Belo Horizonte, 2015. Catálogo da exposição

2014

“Prêmio IP Capital Partners de Arte 2014”. Rio de Janeiro. 2014. p.54-55. Catálogo

2013

VERAS, Valéria. “À Deriva da Palavra e do Silência – O Lugar do Pintor”. em Espaço Cultural Contemporâneo – ECCO. Brasília, Editora Arp, 2013, p.72-77. Catálogo da exposição
“Commando”, folder da exposição. Jundiaí, Galeria de Arte Fernanda Perracini Milani, Jundiaí, 2013