Biografia

Débora Bolsoni é conhecida por seus trabalhos com formas tridimensionais e que se relacionam com a arquitetura dos espaços e o urbanismo das cidades. A artista se apropria das inúmeras possibilidades artísticas oferecidas pelos meios e ressignifica os limites que foram tradicionalmente padronizados. Ao buscar novas referências, dentro e fora do campo da arte, Bolsoni estimula a formulação de linguagens singulares na experimentação, interessada em materializar e objetificar o que vivencia.

 

“Muitas vezes, por exemplo, tento relacionar as transformações da paisagem urbana que experimentei na infância na periferia do Rio de Janeiro com meus processos de pensamento visual e repertórios técnicos. Também estou muito interessada na cultura popular como uma fonte de axiomas invisíveis, até verdades, no sentido de construções históricas e identitárias que nos moldam inadvertidamente. Desenhar, escrever, fazer instalações, peças específicas do local, esculturas e objetos é minha prática palpável.”, diz Débora Bolsoni.

 

Mestre em Poéticas Visuais pela Escola de Comunicações e Artes - Universidade de São Paulo (2014). Estudou na EAV Parque Lage no Rio de Janeiro (1991 a 1993) e na Saint Martin School of Art em Londres (1993). Fez residência artística na Résidence Box (2019) e na Cité Internationale DES Arts (2017), ambas na França.

Entre suas principais exposições individuais estão: 2019 - Lição de Mimese (Pinacoteca do Estado de São Paulo - São Paulo, Brasil); 2018 - Coffee and alphabets (Bendana | Pinel Art Contemporain - Paris, França); 2017 - No names but names (Drawing Lab - Paris, França); Pra Aquietar (Galeria Athena - Rio de Janeiro, Brasil); 2016 - Descaracter (Galeria Jaqueline Martins - São Paulo, Brasil); 2006 - Gruta Pampulha (Museu de Arte da Pampulha - Belo Horizonte, Brasil), entre outras.

Entre suas principais exposições coletivas estão: 2020 - Até onde a vista alcança (Galeria Athena - Rio de Janeiro, Brasil); Arte em Campo (Estádio do Pacaembú - São Paulo, Brasil); 2018 - Poesia e artes visuais (Galeria Superfície - São Paulo, Brasil); 2017 - Intervenções Urbanas (Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - Rio de Janeiro, Brasil) 2016 - Condo (The Sunday Painter - Londres, United Kingdon); 2015 - Panoramas do Sul - 19º Festival de Arte Contemporânea SESC_Videobrasil (SESC Pompéia - São Paulo, Brasil); 2014 - Alimentário | Arte e Construção do Patrimônio Alimentar Brasileiro (Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - Rio de Janeiro, Brasil); 2009 - 7ª Bienal do Mercosul: Grite e Ouça - Mostra Absurdo (Porto Alegre, Brasil); entre outros.

Suas obras estão em coleções importantes como Pinacoteca do Estado de São Paulo (São Paulo, Brasil), Museu de Arte do Rio (Rio de Janeiro, Brasil), Remisen-Brande Art Collection (Brande, Dinamarca), Museu de Arte Moderna de São Paulo (São Paulo, Brasil), entre outros.

Obras
Exposições
CV

1975 . Rio de Janeiro, Brasil.
Vive e trabalha em São Paulo, Brasil.

 

Educação
2014

Mestre em Poéticas Visuais – Universidade de São Paulo – São Paulo, Brasil

2002

Licenciatura Plena em Artes – Instituto Metodista Bennet – Rio de janeiro, Brasil

2000

Bacharel em Gravura – Universidade de São Paulo – São Paulo, Brasil

1993

Alternative Drawing – Saint Martin School of Art – Londres, Reino Unido

1991

Escola de Artes Visuais do Parque Lage – Rio de Janeiro, Brasil

 

Exposições Individuais
2019

Débora Bolsoni: Lição de Mimese – Pinacoteca de São Paulo – São Paulo, Brasil
Projetos simultâneos de três artistas: Débora Bolsoni, G. T. Pellizzi e Matheus Rocha Pitta – Auroras – São Paulo, Brasil

2018

O inferno de boazinha – Galeria Superrfície – São Paulo, Brasil
Coffee and alphabets – Bendana|Pinel Art Contemporain – Paris, França
I Mostra 2018: Programa de Exposições – Centro Cultural São Paulo – São Paulo, Brasil

2017

Pra Aquietar – Galeria Athena Contemporânea – Rio de Janeiro, Brasil
No names, but names – Drawing Lab – Paris, França

2016

Descaracter – Galeria Jaqueline Martins – São Paulo, Brasil

2015

Urbanismo Geral – Galeria Athena Contemporânea – Rio de Janeiro, Brasil

2014

Dentro Fora – Galeria Marília Razuk – São Paulo, Brasil
Luminoso de portão – Coletivo 2&1 – São Paulo, Brasil

2011

Feira de Rua – ZonaMACO/Solo Project – Cidade do México, México

2010

Leitura de Praia – Galeria Marília Razuk – São Paulo, Brasil

2007

Mudança de Lugar – Galeria Marília Razuk – São Paulo, Brasil
Fazer Crer – Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães – Recife, Brasil

2006

Porta com Medalha – Centro Universitário Maria Antônia – São Paulo, Brasil
Gruta Pampulha – Museu de Arte da Pampulha – Belo Horizonte, Brasil

2005

Débora Bolsoni, Mostra Individual do Programa de Exposições do CCSP – Centro Cultural São Paulo – São Paulo, Brasil

2001

Individual e Simultânea – Oficina Cultural Oswald de Andrade – São Paulo, Brasil

2000

Baldios – Zouk Atelier e Galeria de Arte – São Paulo, Brasil

 

Exposições Coletivas
2020

Até onde a vista alcança – Galeria Athena – Rio de Janeiro, Brasil
Obras Recentes – Galeria Superfície – São Paulo, Brasil
Narrativas em Processo: Livros de Artista na Coleção Itaú Cultural – Museu de Arte de Santa Catarina – Florianópolis, Brasil
Together We Stand – Bendana Pinel Art Contemporain – Paris, França
United we rise – Bendana Pinel Art Contemporain – Paris, França
Arte em Campo – Estádio do Pacaembú – São Paulo, Brasil

2019

O que não é Floresta é prisão política – Ocupação 9 de julho – Galeria Reocupa – São Paulo, Brasil
Narrativas em Processo: Livros de Artista na Coleção Itaú Cultural – Museu de Arte Moderna Aluisio Magalhães (Mamam) – Recife, Brasil
Bifê – Olhão – São Paulo, Brasil
Narrativas em Processo: Livros de Artista na Coleção Itaú Cultural – Palácio das Artes – Belo Horizonte, Brasil
Colapso – Galeria Athena – Rio de Janeiro, Brasil
Dulce e João Carlos Figueiredo Ferraz: Construções e Geometrias – MuBE – Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia – São Paulo, Brasil
Migalhas – Galeria O Quarto – São Paulo, Brasil

2018

Com o ar pesado demais pra respirar – Galeria Athena – Rio de Janeiro, Brasil
A poesia e as artes visuais – Galeria Superfície – São Paulo, Brasil

2017

Intervenções Urbanas – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro, Brasil
A pureza é um mito – Galeria Nara Roesler – São Paulo, Brasil
Miniatures, Models, Voodoo and Other Political Projections – Blau Projects – São Paulo, Brasil

2016

A spear a spike a point a nail a drip a drop the end of the tale – Ellen de Brujine Projects – Amsterdan, Holanda
Nós vivemos na melhor cidade da América do Sul – Átomos Art Space – Rio de Janeiro, Brasil
Sempre um ponto de identidade, sempre distinção – Galeria Jaqueline Martins – São Paulo, Brasil
Utensílio – Galeria Sankovsky – São Paulo, Brasil
Aparição – Caixa Culltural – Rio de Janeiro, Brasil
O Estado da Arte – Instituto Figueiredo Ferraz – Ribeirão Preto, Brasil
Condo – The Sunday Painter – Londres, Reino Unido
Transparência e Reflexo – Museu Brasileiro da Escultura – São Paulo, Brasil

2015

Tout Doit Disparaître – La Maudite – Paris, França
Panoramas do Sul – 19o Festival de Arte Contemporânea SESC_Videobrasil – SESC Pompéia – São Paulo, Brasil
Tudo que é sólido desmancha no ar – Galeria Jaqueline Martins – São Paulo, Brasil
Alimentário | Arte e Construção do Patrimônio Alimentar Brasileiro – Expo Milano 2015 – Milão, Itália
Alimentário | Arte e Construção do Patrimônio Alimentar Brasileiro – OCA – São Paulo, Brasil
Mostra Retrospectiva – 25 anos do Programa de Exposições – Centro Cultural São Paulo – São Paulo, Brasil

2014

Alimentário | Arte e Construção do Patrimônio Alimentar Brasileiro – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro, Brasil
Aparição – Galeria Athena Contemporânea – Rio de Janeiro, Brasil
Grave – Laboratório Curatorial SP-arte – São Paulo, Brasil

2013

Brutalidade Jardim – Galeria Marília Razuk – São Paulo, Brasil
Imagine Brazil: Artist’s Books – Astrup Fearnley Museet – Oslo, Noruega
Betão à Vista – Museu Brasileira de Escultura – São Paulo, Brasil
Escalas – Estúdio Álvaro Razuk – São Paulo, Brasil

2012

O Retorno da Coleção Tamagni | até as estrelas por caminhos difíceis – Museu de Arte Moderna de São Paulo – São Paulo, Brasil

2011

Eu estou aqui – Galeria Marília Razuk – São Paulo, Brasil
Dublê – Centro Cultural São Paulo – São Paulo, Brasil
Encontros com o Outro Mundo – ECARTA Gallery – Porto Alegre, Brasil

2010

Paralela | A Contemplação do Mundo – Liceu de Artes e Ofícios – São Paulo, Brasil
Kierkegaard’s Walk – Galeria Marília Razuk – São Paulo, Brasil
Sempre à Vista – Mendes Wood DM – São Paulo, Brasil
3o Rodada – Centro Cultural Bradesco – Florianópolis, Brasil
Corsário Cassino Museu – Museu de Arte da Pampulha – Belo Horizonte, Brasil

2009

7a Bienal do Mercosul: Grito e escuta – Mostra Absurdo – Porto Alegre, Brasil
Exposição de Verão 6 – Galeria Silvia Cintra + Box 4 – Rio de Janeiro, Brasil
Realidade Imprecisas – SESC Pinheiros – São Paulo, Brasil

2008

Temporada de Projetos – Paço das Artes – São Paulo, Brasil
Contraditório: Panorama da Arte Brasileira – Sala Alcalá 31 – Madri, Espanha
Quase Líquido – Itaú Cultural – São Paulo, Brasil
Intimidade Pública – Éden – São Paulo, Brasil
De Perto, De Longe: Mostra Paralela – Liceu de Artes e Ofícios – São Paulo, Brasil
Cover: Reencenação + Repetição – Museu de Arte Moderna de São Paulo – São Paulo, Brasil

2007

Contraditório: Panorama da Arte Brasileira – Museu de Arte Moderna de São Paulo – São Paulo, Brasil
Intimidades: Homenagem a Leonilson – Galeria Marília Razuk – São Paulo, Brasil

2006

MAM na Oca: Mostra da Coleção do Museu de Arte Moderna de São Paulo – OCA – São Paulo, Brasil
Singular e Plural – Galeria Marília Razuk – São Paulo, Brasil

2005

Programa de Exposições do Centro Cultural São Paulo – Centro Cultural São Paulo – São Paulo, Brasil
Verbo – Galeria Vermelho – São Paulo, Brasil
Mostra SESC de Artes: Mediterrâneo – SESCs – São Paulo, Brasil

2004

Exposição Final da Residência em Artes Remisen-Brande – Brande City Hall Gallery – Brande, Dinamarca
Lord Palace Hotel – Lord Palace Hotel – São Paulo, Brasil
Labdart – SESC Pinheiros – São Paulo, Brasil

2002

Situação #1 – Edifício Copan – São Paulo, Brasil
Plano Copan – Edifício Copan – São Paulo, Brasil
30o Salão de Arte Contemporânea de Santo André – Paço Municipal – Santo André, Brasil
Três Tridimensionais – Adriana Penteado Arte Contemporânea – São Paulo, Brasil

2001

1o Bienal de Gravura de Santo André – Paço Municipal – Santo André, Brasil
Figura Impressa – Adriana Penteado Arte Contemporânea – São Paulo, Brasil
Deslocamentos: Rumos Itaú Cultural – Centro de Cultura Dragão do Mar – Fortaleza, Brasil
Exposições de formandos em Artes Plásticas – ECA/USP – Casa das Rosas – São Paulo, Brasil

2000

Deslocamentos: Rumos Itaú Cultural – Fundação Joaquim Nabuco – Recife, Brasil
Realidades Sobrepostas – Centro Universitário Maria Antônia – São Paulo, Brasil
Casa de Todos – Mostra do Projeto Linha Imaginária – São Paulo, Brasil
Há Margem – Centro de Comunicações e Artes do SENAC – São Paulo, Brasil

1999

Paisagem e Arte: A Invenção da Natureza, a Evolução do Olhar – Fundação Armando Álvares Penteado – São Paulo, Brasil
24º Salão de Arte de Ribeirão Preto – Casa de Cultural – Ribeirão Preto, Brasil

1998

Investigações: Rumos Itaú Cultural – Itaú Cultural – São Paulo, Brasil
Mostra Rio Gravura – FUNARTE – Rio de Janeiro, Brasil

 

Curadorias
2010

Cadavre Exquis – curadoria em parceria com Fernanda Lopes, exposição de arte para crianças com obras da Coleção de Arte da Cidade de São Paulo – Centro Cultural São Paulo – São Paulo, Brasil

2008

Passagens secretas: 10 curadores para 10 artistas – Centro Cultural São Paulo – São Paulo, Brasil

 

Bolsas e Residências
2019

Résidence Box, Galerie La Box da École Nationale Supérieure d’Art de Bourges – Bourges, França

2017

Residência Artística na Cité Internacionale dês Arts – Paris, França

2015

Residência Artística URRA Project – Buenos Aires, Argentina
Prêmio ProAc para Livro de Artista. Secretaria de Cultura do Estado de Sao Paulo – São Paulo, Brasil

2010

Bolsa CNPQ de mestrado em Poéticas Visuais na Escola de Comunicações e Artes da USP – São Paulo, Brasil

2007

Residência artista do Museu de Arte Moderna Aluísio Magalhães – Recife, Brasil

2005

Bolsa Pampulha – Bolsa de residência artística da Prefeitura de Belo Horizonte e Museu de Arte da Pampulha – Belo Horizonte, Brasil

2004

Laboratório de Arte – SESC Pinheiros – São Paulo, Brasil Residência em Artes Remisen-Brande – Brande, Dinamarca

2002

Prêmio Aquisição do Salão de Arte de Santo André – Coleção de Arte do Município de Santo André – Santo André, Brasil

 

Coleções Públicas

Pinacoteca do Estado de São Paulo – São Paulo, Brasil
Museu de Arte do Rio – Rio de Janeiro, Brasil
Remisen-Brande Art Collection – Brande, Dinamarca
Museu de Arte Moderna de São Paulo – São Paulo, Brasil
Museu de Arte da Pampulha – Belo Horizonte, Brasil
Coleção de Arte da Cidade – São Paulo, Brasil
Museu de Arte de Ribeirão Preto – Ribeirão Preto, Brasil

 

Bibliografia
2018

“O inferno de boazinha”. São Paulo, 2018. Catálogo da exposição
“Prêmio IP Capital Partners de Arte 2018”. Rio de Janeiro. 2018. p.112-113. Catálogo
“I Mostra do Programa de Exposições 2018”, Centro Cultural de São Paulo. São Paulo. 2018. p. 20-21. Catálogo

2014

VISCONTI, Jacopo Crivelli; VILLELA, Rodrigo; RIBENBOIM, Felipe. “Alimentário: Arte e Construção do Patrimônio Alimentar Brasileiro”, Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro, 2014. p.39 e p.116. Catálogo da Exposição

2013

PEDROSA, Adriano; DUARTE, Luisa. “Arte Brasileira Contemporânea”. São Paulo. Cosac Naify. p. 302-305

2009

7a Bienal do Mercosul: grito e escuta. Porto Alegre: Fundação Bienal do Mercosul, 2009. p. 356 e 357.